e por vezes nem é uma questão de anos cronológicos. apenas de estado de alma. talvez este tratamento tenha alguma coisa haver com isso. a verdade é que por vezes apercebo-me da calma que me transcende ao olhar para as posturas de pessoas que ainda estão demasiadas confusas para entenderem o vazio delas.

por vezes também me transcende. o pânico que sinto num espaço publico.

 

 

Anúncios